Pesca do robalo fazendo uso da Ned Rig

20:59smotta


Você conhece a Ned Rig?

Não?

Trata-se de uma montagem altamente produtiva e que foi criada há muito tempo pelo pescador norte-americano Ned Kehde, para a pesca do black bass.

Esse montagem é composta por um anzol com cabeça de chumbo em formato de disco (próprio para "tatear" o fundo) envolvido por uma isca soft.


Quando usada com uma isca fabricada pela Z-Man, com ElaZtech, a Ned Rig passa a ser ainda mais atrativa, já que a flutuabilidade do material faz com que as iscas se mantenham em posição vertical, enquanto descem e quando o jighead especial toca o fundo. Quando montada com um anzol NedlockZ HD e uma isca Finesse TRD ou ainda Big TRD, a Ned Rig se torna bem mais atrativa. 





E você sabia que essa montagem é também muito produtiva na pesca do robalo?

Pois é, a Ned Rig abre um leque de novas opções na pesca do robalo, com iscas soft, em costeiras e manguezais, modalidade que, basicamente, só é explorada com o conhecido e eficiente uso de camarões artificiais, iscados com jigheads tradicionais.

As especiais iscas TRD (The Real Deal), da Z-Man, são especialmente projetadas para uso na eficaz Ned Rig e a marca conta com jigheads também desenvolvidos para esse uso, como o NedlockZ™, o Finesse TRD ™ e o Finesse ShroomZ ™.

Buscar o robalo com Ned Rig é uma opção que todo robaleiro que faz uso de camarão artificial deve conhecer, para tirar suas próprias conclusões.


Com essa montagem, os trabalhos mais indicados - que foram criados e  registrados há muito tempo fora do Brasil e terão seus nomes originais aqui citados - para a pesca dos robalos são:

Hop & bounce - Consiste em deixar a isca afundar (após o arremesso), até tocar o fundo e  em seguida dar um toque sutil, elevando a ponta da vara, para fazer com que a isca salte e voltar a tocar o fundo em posição vertical. Tão logo a isca toque o fundo, recolher a folga gerada na linha e repetir a sequência, até que isca tenha coberto toda a área entre o ponto em que caiu na água e o pescador, que poderá estar embarcado ou não. Trabalho muito indicado para iniciar a pescaria, em busca dos robalos.



Swin & glide - Consiste em levantar a ponta da vara e recolher lentamente, parar, abaixar a ponta da vara (para que a isca afunde) e novamente recolher lentamente, para que a isca seja arrastada pelo fundo. É indicado para os momentos em que os robalos estejam pouco ativos.


Drag & deathstick - Consiste em recolher lentamente, para que a isca nade rente ao fundo, intercalando com pausas para que a isca pare na posição vertical. É indicado para os momentos em que os robalos estejam pouco ativos


Straigth swim - Consiste em recolher continuamente, adequando a velocidade, para encontrar a profundidade onde os peixes estarão se alimentando. Indicado na necessidade de acelerar a isca, para garantir a captura. É um trabalho bem conhecido e um dos mais usado em outras montagens, geralmente é eficiente em dias quentes, com os robalos estando mais ativos.








Publicado às 20h59min, do dia 19/07/2020

You Might Also Like

0 comentários

Obrigado por sua participação, seu comentário será analisado e liberado em seguida pela administração.

Popular Posts